domingo, 30 de março de 2014

Gosto de tudo Vídeo

video
Seu dedo mindinho
Indicador e anular
Gosto do pai de todos
Também do polegar
Gosto das suas mãos
Esquerda e direita
Seus braços bonitos
Suas unhas perfeitas

Gosto de tudo
No seu corpo inteiro
Dos pés a cabeça
E depois dos joelhos
Antes do umbiguinho
Quero descansar
Gosto de tudo
E quero te amar

Seu rosto tão lindo
Seus olhos a ver
Gosto da sua boca
E de beijar você
Gosto da sua voz
E também dos cabelos
Das orelhas e brincos
E dos lábios vermelhos

Gosto de tudo
No seu corpo inteiro
Dos pés a cabeça
E depois dos joelhos
Antes do umbiguinho
Quero descansar
Gosto de tudo
E quero te amar

Seus pés delicados
E os lindos tornozelos
Gosto dos seus dedinhos
Das pernas e dos joelhos
Gosto das suas coxas
Do bumbum e quadris
Subo aos seus seios
Desço pra ser feliz

Gosto de tudo
No seu corpo inteiro
Dos pés a cabeça
E depois dos joelhos
Antes do umbiguinho
Quero descansar
Gosto de tudo
E quero te amar

Autor: José Nogueira Lima
06/04/2013

Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com

Para você


Pra não reviver o passado, vivo sonhando com futuro
Os seus olhos seriam a minha luz, mas vivo no escuro
Preciso dormir para sonhar, sem sonhar como viver
Vivo lutando contra a morte, sabendo que vou perder

Você não é salva vidas, mas vive me tirando da fossa
Uma vida amarga, nem todo açúcar do mundo adoça
Eu não sou gelo, mas vivo me derretendo por você
Esqueça o que não deu certo, mas sem me esquecer

A minha vida é um eterno carnaval, vivo de fantasia
Estou nos braços da tristeza, mas gosto é da alegria
O meu coração é ecológico, quer ser a minha pantera?
Minha linda flor faça de mim a sua eterna primavera

Quero ser o seu espelho, para dizer tudo que quer ouvir
Quero ser os seus sonhos, para te levar aonde quiser ir
Quero ser o seu amanhã, para te dar tudo que não tem
Quero ser tudo nesta terra, só para você e mais ninguém

Autor: José Nogueira Lima
27/02/2013

Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com  

sexta-feira, 7 de março de 2014

Vídeo Paula Fernandes

De letra em letra eu fiz as palavras
De palavra em palavra seu nome nasceu
E está presente em meu coração
Como eu gostaria de estar no seu

Autor: do verso, José Nogueira Lima
11/01/2013
letrarabiscada@gmail.com

terça-feira, 4 de março de 2014

É meu, é meu Vídeo

video
Esta menina mexe com a minha cabeça
O que que eu faço, pois preciso conquistar
Joguei o charme, esnobei, mandei recado
Ela esnobou, mandou resposta que não dá

Passa por mim ainda sorri fazendo pose
Joga os cabelos contra o vento a provocar
Ela é charmosa, delicada e tão bonita
Sua resposta não é não tem que mudar

Menina linda não é não é sim que dá
É meu, é meu, é meu, é meu diga que sim
Meu coração é todo seu venha buscar
Traga seu corpo inteirinho para mim

Por onde anda eu sei que todos te olham
Eu vi primeiro e por amor fiquei assim
Minha cabeça já não pensa em mais nada
Não dê pra outro o que deve dar pra mim

Uma resposta que eu quero é o sim que dá
De corpo inteiro o seu amor me oferecer
Quero em seus braços te dar tudo e até mais
Diga que sim aceita o amor e me dê prazer

Autor: José Nogueira Lima
23/03/2013

Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com

Garçonete Vídeo

video
Garçonete
Me indica uma mesa
Onde a minha tristeza
Posso tentar esconder
Quero uma luz ambiente
De acordo com meu presente
E desabafar com você

Garçonete
Aqui nesta minha mesa
Quero bater na tristeza
Porque ela quer me matar
Traz dois copos e uma garrafa
Escolha uma boa safra
Senta aqui e vem me escutar

Garçonete, eu me embriago
E quero de trago em trago
Aliviar a minha dor
Por causa de uma boba briga
Baseada nas intrigas
É que perdi o meu amor
Sem chance de me explicar
Sem erros, me desculpar
Meu amor tudo ignora
Me jogou coisas na cara
Juntou as roupas, fez a mala
Deu adeus e foi embora

Garçonete
Me traga outras garrafas
Já não importa mais a safra
Porque a minha se acabou
Traz cigarros e traz cinzeiro
Não vê meus olhos vermelhos
De chorar por meu amor

Garçonete
Veja em volta da minha mesa
Solidão magoa e tristeza
E neste bar o meu fim
Vejo o meu amor de costas
A partida é uma resposta
Que não gosta mais de mim

Autor: José Nogueira Lima
07/01/2013

Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com

segunda-feira, 3 de março de 2014

O carro e o ladrão Vídeo

video
Pelas ruas da cidade eu ainda procuro
Isso eu juro motivo pra viver e não chorar
Já que ela foi embora e me deixou
Sem o seu amor eu morro e ela vai me matar

Entro num bar, bebo e acendo um cigarro
Daí a pouco vejo um carro e ela dentro
Meu desespero toma conta de mim nesta hora
Ela foi embora, eu fiquei aqui em sofrimento

O carro não identificado que a levou
O meu amor destruindo o meu lar
Para ele na barreira dessa estrada
Com a minha amada e obriga ele a voltar
O carro não identificado e quem a roubou
O meu amor eles devem ir para prisão
Ou pro desmanche esse carro e não mais rodar
Pra não roubar quem mora no meu coração

Isso é um aviso pra quem tá na alta estrada
É madrugada e eu não consigo mais dormir
Já tomei todas e fumei a tabacaria
Por covardia alguém levou ela daqui

Volto a dizer: um alguém me avisou
Viu o meu amor e esse carro já em alcance
Prenda o carro, traga os dois, ela e o ladrão
Ele pra prisão, ela pra mim e o carro pro desmanche

Autor: José Nogueira Lima
28/10/2012

Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com

O estressado Vídeo

video
Tô estressado
Mas não vou beber
Embriagar
Não vai resolver
Não há bebida
Que possa curar
Falta de emprego
Ou ter que trabalhar

Não é fácil
Suportar o patrão
Acordar cedo
E enfrentar o busão
Levar marmita
E ser boia fria
Pagar imposto
Caro todo dia

Pago saúde
E doente eu tô
A educação
Nunca educou
Nossos políticos
Não merecem confiança
Corremos risco
Sem segurança

Recebo aqui
E pago lá
O dinheiro é curto
Tenho que esticar
A lei é dura
E eficiente
Não da nada
Mas cobra da gente

Enquanto eu durmo
Alguém esta pensando
Em me roubar
Ou estou sonhando
Um é bandido
E o outro é ladrão
Um usa revolver
E o outro caneta na mão

Autor: José Nogueira Lima
03/04/2013

Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com

Jeitinho de flor Vídeo

video
A rosa vermelha que um dia te dei
Colhi de um jardim que nunca plantei
Mesmo sem regar, ela desabrochou
Para meu desespero
Não sou jardineiro
Pra regar o nosso amor

O orvalho da noite molhou minhas raízes
Floresceu no meu peito o amor que eu quis
Seja jardineira e venha agora regar
Esta linda flor
A regue com amor
E não deixe murchar

A flor e o perfume fazem parte da vida
Pra quem tem amor a estrada é florida
Por isso, eu quero com você caminhar
E caminharei
E também encontrarei
Um bonito lugar

Nos jardins desta vida eu vou repousar
E o perfume das flores eu vou inalar
Você é a flor que eu nunca plantei
Mas te colhi em meus braços
Entre beijos e abraços
Eu só te amei

Com o meu amor sempre vou te regar
Não sou jardineiro, mas sei te amar
Tudo que eu tenho, junto a mim e lhe dou
Junto tudo aos seus pés
Minha linda mulher
Com jeitinho de flor

Autor: José Nogueira Lima
31/12/2012

Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com

Barretos Vídeo

video
Barretos me convidou
Não importa onde estou
Tô saindo de partida
Vou de trem ou vou de carro
Nesta festa me amarro
Pra quem fica a despedida

Do Brasil em todos os cantos
Barretos, te amo tanto
Queira, então, me esperar
Já que sou seu convidado
De peito apaixonado
Quero, então, te abraçar

Neste chão da cor de luto
É o melhor e absoluto
Nesta festa de peão
Barretos tenha certeza
Esta festa é uma beleza
E já domou o meu coração
Tem moças de toda a parte
As maiores obras de arte
Para alegrar este festão
O sorriso desta gente
Barretos, é o seu presente
Junto com o meu coração

Cada um dos habitantes
Somados aos visitantes
Não conseguem esquecer
Esta festa em Barretos
Orgulho deste chão preto
Vim de longe para te ver

Tem artistas e peões
A festa e outras razões
É o porquê de estar aqui
A paixão não é pequena
Foi no centro de uma arena
Barretos que eu cresci

Autor: José Nogueira Lima
12/02/2013

Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com

Fogo no rabo Vídeo

video
Se você provoca
Eu falo e digo
Será que é castigo
E de mim quer vingar
Com seu fogo no rabo
Excitou o diabo
E quer me excitar

Tentaram apagar
Foi em vão e não deu
Você já percebeu
E quer me conquistar
Mostrando o pecado
Eu fiquei excitado
Com fogo você tá

Você tá, você tá, você tá
Você tá e eu sei
Pegou lá e no meio
Só pra eu apagar
O seu fogo no rabo
Excitou o diabo
E a mim faz pecar

O seu fogo me leva
Ao oposto do inferno
Em prazeres eternos
Por onde quiser
Com calor de vulcão
À tremor e explosão
Da cabeça aos pés

Se mede na escala
Que é o coração
O tremor da paixão
Quando você tá
Com fogo no rabo
Que vão pro diabo
Eu quero é apagar

Autor: José Nogueira Lima
30/12/2012

Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com