terça-feira, 30 de setembro de 2014

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

O culpado


Você não diz
Mas é infeliz
E eu sou o culpado
Já te vi chorando
As lágrimas rolando
E o lenço molhado

Promessas eu fiz
De fazer-te feliz
Com o meu amor
Mas não foi bastante
Não é como antes
E hoje sente dor

Dor de saudade
Da felicidade
Que eu nunca lhe dei
Foi pouco o que eu fiz
Pra te ver feliz
Me desculpe eu sei

Agora eu farei
Muito mais do que eu sei
Porque merece
Vou lhe dar o que não dei
Amar mais que amei
Paixão ninguém esquece

Desculpe um culpado
Mas apaixonado
Que lhe tem amor
Dos erros do passado
Se eu for perdoado
Curo a sua dor

Dor de saudade
Da felicidade
Que eu nunca lhe dei
Foi pouco o que eu fiz
Pra te ver feliz
Me desculpe eu sei

Autor: José Nogueira Lima
05/04/2013

Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

O fogo e a panela

 
Eu quero ver o fogo
Esquentar agora a panela
Explodir amor no peito
Quando eu estiver com ela
Já falei pro coração
Não dá mais pra esperar
Ela é tudo que eu preciso
Pra ver pipoca pular

Ela tem o que eu quero
E quer o que eu quero agora
Se estou dentro com tudo
Ela tem que estar por fora
A espiga vai inteirinha
Tem milho pra debulhar
Tenho fome de amor
E ela tem muito pra dar

O milho virou pipoca
Porque o fogo esquentou
Eu fiquei apaixonado
Porque ela me amou
Na panela o milho pula
Na hora de estourar
Ela pula nos meus braços
Na cama, em qualquer lugar

Eu não sei se ela é o fogo
A pipoca ou a panela
Quando nosso amor esquenta
Eu também pulo com ela
Igualzinho o milho estoura
Nós somos uma explosão
Nossa cama vai pros ares
Nosso amor rola no chão

Do milho a gente faz
Aquilo que mata a fome
Pipoca os desejos dela
E os meus ela consome
Ela é o fogo e a panela
Eu cheguei à conclusão
Na panela ponho a espiga
E debulho a minha paixão

Autor: José Nogueira Lima
31/12/2012

Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Demolição

 
Vou demolir a minha casa
Onde ela morou comigo
Porque ela foi embora
Porque o meu peito chora
Sem ela não quero abrigo

Minha vida está abalada
O meu coração partiu
Se ela foi porque não quer
Sem estrutura não dá pé
Tudo em mim se demoliu

Cada porta ou janela
Ou uma telha do telhado
É igual a minha vida
Estão todas destruídas
É caco pra todo lado

Tem pedacinhos de mim
Espalhado pelo chão
Nos da casa tem cimento
E nos meus tem sofrimento
Que explodiu o meu coração

Nem a prego junta mais
Os pedaços que ela deixou
Do meu peito e o coração
Só restou inteira a paixão
Nem o projeto ficou.

Ela demoliu minha vida
Me machucando demais
Como pode um amor puro
Virar um monte de entulho
O desamor só isto faz

Autor: José Nogueira Lima
12/12/2012

Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

De que vale a paixão

 
Eu não posso ficar
Aqui sem você
Nessa solidão
Entregue a dor
Com tanto amor
No meu coração

Dentro do peito
É você que manda
Eu só obedeço
Ao meu coração
E a minha paixão
A quem não esqueço

De manhã faz pensar
A noite faz sonhar
Ou não deixar dormir
Tira a sede e a fome
A boca não come
E não sabe mais sorrir
A tristeza então vem
É você ou mais ninguém
Ou eu não serei feliz
De que vale a paixão
No meu coração
Me responda, me diz

Por que me judia
Tirando de mim
Esse corpo seu
Do qual eu dependo
Tento e não compreendo
O que faz ao meu

Com a sua ausência
Eu pago sem dever
O que eu não mereço
Sofrer e chorar
Por muito te amar
É que eu não te esqueço

Autor: José Nogueira Lima
16/05/2013

Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Ingratidão

 
Beijei o seu retrato
Na sua ausência
Cheirei as suas roupas
Busquei a sua presença
Por me faltar carinho
A minha cama esfriou
Cobertores não me aquecem
Sem você e o seu amor

O meu quarto vazio
Está entregue a solidão
Que apossou de mim
E do meu coração
De onde você não sai
Eu não deixo e não quero
Já não importa por que foi
O importante é que eu lhe espero

Dia e noite você voltar
Mas ainda não voltou
Traga de novo a alegria
E para mim esse amor
Que não pode ter outro dono
Seria injusto e ingratidão
Pertencem a ti a minha vida
Meu corpo, meu coração

Que já se acostumou com o seu
A ponto de conhecer em detalhes
Melhor do que você imagina
Assim conhece o meu e não fale
O que eu tenho de maior
É o tamanho da paixão
Que também não me pertence
Faz parte do seu coração

Esse que é o que eu lhe dei
Neste corpo que abandonou
Apenas por ingratidão
A quem ama, não voltou
Mas espero que volte
Logo, logo como eu quero
Como foi e me deixou
É assim que eu lhe espero

Autor: José Nogueira Lima
11/02/2013

Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Raízes

Não nego as minhas raízes
Nasci longe lá no sertão
Bem pertinho da natureza
Onde mora a paz e a solidão

Ainda sinto o cheiro da terra
Imagino ver a água correr
Como correm agora dos meus olhos
Lágrimas que fazem sofrer

Sou um ser criado por Deus
Caminhando sobre essa terra
Onde nasci há mata e flor
E a água pura lá no pé da serra
Ainda ouço passarinho cantar
Na alvorada e ao anoitecer
A saudade é o meu despertador
De coisas que não dão pra esquecer

As vezes no silencio da minha alma
A saudade me arrebata pra lá
Onde tudo é muito diferente
Parece que nada quer mudar

Lá o sol brilha e o céu é mais azul
A lua e as estrelas não dão pra esquecer
São lembranças eternas no peito
Que vão comigo em quanto eu viver

Autor: José Nogueira Lima
16/03/2013

Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Rivais amigos

 
Um bate-papo entre amigos no bar
Uma cerveja nos copos a espumar
Molha as gargantas pra aliviar a dor
Aqui nesta mesa se fala é de amor

Eu falo de mim e de quem me deixou
O meu amigo, de quem o enganou
A gente bebe juntos até se embriagar
Pelo mesmo amor na mesa de um bar

Amigo, quantas vezes ela me jurou
Que em todo este mundo, era eu o seu amor
Nas horas mais lindas, naquele momento
Não pode ser mentira nem ser fingimento
Amigo eu também a mim ela juraste
Que aqui nesta terra ou em qualquer outra parte
Seria eu e ela e o nosso grande amor
Me traiu com você, foi embora e nos deixou

Garçom nos explica se você puder
Como pode dois homens alvo de uma mulher
Mas antes desse ato nos traga mais cerveja
Papel e caneta sem que ninguém veja

Garçom, por favor, seja o mensageiro
Diga a ela as tristezas e o nosso desespero
Guardião desta carta que deixo contigo
Assinada por nós, os dois rivais amigos

Autor: José Nogueira Lima
25/06/2013

Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com.br

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Estrada da vida

 
Vou seguindo sozinho na estrada da vida
Tem obstáculo, mas não posso parar
Levo comigo a minha esperança
De um dia mais tarde eu conseguir chegar

Com os passos lentos sigo caminhando
Porteira eu abro e fecho porque tenho que passar 
Deixo marcado na poeira da estrada
Rastro bem visível que eu não posso apagar 

Levo no peito a saudade de alguém
Alguém que deixei, e alguém que vou encontrar
O meu coração vive hoje dividido
Na estrada da vida eu não posso voltar

Por onde eu passei nenhuma marca apagou
Deus me deu memória para recordar
Sigo em frente, mas com o peso do passado
Que levo comigo sem poder descansar

Essa é a minha vida e esse é o meu destino
Não tem como mudar o que nosso Deus traçou
Passo a passo vou seguindo o roteiro 
Na estrada da vida onde Deus me colocou

Autor: José Nogueira Lima
01/07/2013                    
 
Música para gravação
letrarabiscada@gmail.com

domingo, 28 de setembro de 2014

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com

Foto

letrarabiscada@gmail.com